domingo, 30 de setembro de 2012

Tic-Tac



Eu fecho os olhos é sexta-feira, eu abro os olhos é segunda-feira. E assim sucessivamente.
O tempo corre e nem parece que o dia hoje tem 24 horas. Eu me lembro pequena com o diário aberto com todas as minhas desilusões amorosas escritas. Hoje me vejo uma mulher com pequenos versos do seu cotidiano escrito em um blog... 
E se você parar para pensar, a gente sempre quer que o tempo passe rápido, tanto a situação sendo boa como ruim. E ai chega aquela fase da vida em que a única coisa que se você pudesse pedir seria mais tempo. Mais tempo para se organizar, para viver intensamente, para se divertir, para ficar com a família, para ficar consigo mesma.
Por quê ? A gente não consegue controlar esse bendito tempo que sempre nos controla. E sem pensar já fizemos coisas que o tempo não poderá consertar. 
O tempo vai se passando e os dias sem você vão ficando mais difíceis de viver... O vazio no meu peito vai crescendo, é como se alguém tivesse cavado um buraco em mim, e todo dia vai ficando mais fundo.  O que devemos fazer para acabar com essa solidão e aproveitarmos mais o tempo que nos resta ? Não sei, acho que soubesse a resposta com certeza não estaria questionando sobre o mesmo. 
Tic-Tac,Tic-Tac,Tic-Tac..... O tempo esta voando e você vai continuar morrendo aos poucos e perdendo seu pequeno tempo para questionar coisas que não vão mais voltar ? Ou prefere posicionar -se em uma nova estrutura e ter controle com o seu relógio e fazer o seu tempo render ?
A escolha é sua.
                                                   

1 comentários:

  1. Amo seus textos, continua postando... Não abandona o blog não :(

    ResponderExcluir

 
Vivendo Inconstante © Cyan Driad adaptado e modificado por 187 tons de frio.